Novas jogadas ensaiadas no futebol

por Sérgio Vinícius*

Em tempos que muito se discute calendário, mata-mata, pontos corridos, fase negra do Zé Love – a qual, veja bem, não existe. Ele não está em fase ruim, ele é fase ruim – vejo poucas pessoas debatendo o que realmente interessa: novas jogadas ensaiadas no futebol.

Aliás, poucas, não. Não vejo ninguém falando sobre isso.

Mesmo porque não há novas jogadas ensaiadas no futebol atual. É sempre aquele chuveirinho dentro da área, o deixa que eu deixo na hora de bater a falta e muito pouco além disso. Tem aquela idiotice de, no escanteio, dar um toquinho curto para trás para vir outro jogador para cruzar – se sou técnico do time, substituo os dois. Se a porra da bola tá parada lá na ponta, custa chutar no meio da área? Tem que desperdiçar dois homens e tempo para fazer essa bobagem (mini-escanteio?) que nunca resulta em nada?

De qualquer forma, sempre pensei que, se fosse técnico, treinaria à exaustão algumas jogadas e as aplicaria em momentos diversos do jogo. Por exemplo, lateral escanteio. Não entendo porque é tão subaproveitado. Se sou o técnico, ordeno aos laterais: a bola saiu pelo lado? Arremesse-a dentro da área adversária. Não importa a distância. Ah, não consegue? Vai treinar arremesso de peso. Até lá, contrato um jagunço para a posição. (Mesmo porque é mais fácil treinar um caboclo para arremessar uma bola do que ensinar o Fábio Santos, por exemplo, a jogar bola).

Ainda na questão escanteio (ou mesmo no lateral escanteio), eu iria mais longe. Ordenaria ao time que, no momento da cobrança, todos os jogadores dessem as mãos e avançassem sobre a bola. Essa espécie de parede isolaria o time adversário em dois blocos (o pessoal de trás e o da frente) e faria com que minha equipe pegasse a bola mais facilmente e metesse para o gol, sem ser muito importunada. No mínimo, a cena tão patética pegaria todo mundo desprevenido, que cairia na gargalhada, enquanto meu time faria o gol.

Mas há ainda mais recursos que poderiam ser ensaiados à exaustão e usados em momentos chave do jogo. Entrar na área, mirar no braço do zagueiro adversário de fuzilar. Como a regra não fala sobre intenção de meter a mão na bola – fala em “deliberadamente”, mas não em intenção -, a cada 10 jogadas dessa, em uma o juiz daria o pênalti. Mais um tento para nós. Em faltas de dois lances, um jogador com chute potente – pode ser o jagunço lateral – cobraria com uma bicuda na direção do gol, direto. A chance de a bola pegar no goleiro ou em alguém no caminho e entrar é enorme – isso se o goleiro não for na bola, por puro reflexo.

(Lembro que isso aconteceu com o Coringão, em um jogo contra o Vitória, em que o Roberto Cavalo meteu direto pro gol e era dois lances. Como o Ronaldo pulou e resvalou na bola, valeu.)

Essa são algumas ideias simples que dariam mais diversão ao jogo, acredito.

Há ainda outras mais difíceis de treinar, que envolvem fatores extracampo (jogar milho na grama ao invadir a área, para atrair quero-queros e confundir a zaga, dar uma bolada no juiz como se fosse sem querer e depois, passar ao lado e cochichar “a próxima vai doer mais” ou “sabe onde está sua família agora?” para intimidá-lo não deixam de ser interessantes.)

Mas isso aprofundarei mais para frente. Mesmo porque, ao que parece, ainda há muito que se implementar no atual futebol. A começar pelo fim do mini-escanteio com toquinho para trás e com a discussão absurda sobre a má fase do Zé Love.

*Sérgio é corintiano, tem dois blogs (o doisvezesum.blogspot.com e o interiortreta.tumbl.com) e já contribuiu antes para o Yougol. Relembre:

- Vai, Tigre!; Sobre Santos e Futebols.

About these ads
Esse post foi publicado em Conceituando o futebol e marcado , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Novas jogadas ensaiadas no futebol

  1. Raphael Zarko disse:

    Esssa tática de todos darem as mãos e fazerem blocos, assim não deixando ninguém passar, é boa. Não sei como nunca tentaram.

  2. Alex disse:

    Sempre pensei que um jogador poderia ficar de quatro, enquanto o outro corria e pisava em cima dele para cabecear, tipo mãe-da-mula. Ou aquela jogadinha de rugby que ele erguem o cara para pegar a bola. podia ser usada nos escanteios.

  3. Zobaran disse:

    O Dé Aranha certamente adoraria ler esse texto.

  4. Ayres disse:

    Tem uma jogada ensaiada pros escanteios que eu penso a um tempao. 5 ou 6 jogadores juntos na entrada da area formando um circulo tipo rugby (nenhum dentro da area), quando o jogador cobrar o corner todos correm rapido pra posicoes pre-estabelecidas no treino. Isso funciona tanto pra bola desviada no primeiro pau, quando pro corner direto e tem varias vantagens, acaba com o segura camisa, tem grande chance de gerar um penalti, a marcacao do adversario vai ficar perdida, porque nao estao acostumados a lidar com isso, o tempo que a bola leva entre o canto do campo e a area eh mais do que suficiente pra todo mundo ficar nas posicoes corretas…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s